31.1 C
Belém
domingo, julho 14, 2024
Descrição da imagem

Estrutura precária: pacientes denunciam caos no PSM da 14

Date:

Descrição da imagem

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram os flagrantes do descaso com os pacientes que se encontram no Pronto Socorro Municipal Mário Pinotti, na 14 de março, em Belém. Nas imagens, é possível ver que macas estão espalhadas pelos corredores do hospital e até cadeiras de praia estão sendo utilizadas por pacientes para amenizar a situação, denunciando a falta de estrutura do local. Além disso, não há leitos para quem precisa de internação.

A demora no atendimento e também a falta de médicos no Pronto Socorro, prejudica quem vai em busca do serviço. Uma paciente que faz tratamento para Hepatite procurou o hospital municipal com a esperança de tomar algum remédio para aliviar a dor e teve que esperar por horas para ser atendida após uma pessoa que estava dentro do hospital, implorar para que a médica lhe atendesse.

Conteúdos relacionados

Moradores de Belém temem mais alagamentosObras garantem melhorias no Curió-Utinga

Um casal que foi em busca de atendimento no PSM, disse que chegou por volta de 12h e só foram avisados que não poderiam ser atendidos às 19h da noite. “Meu esposo precisa fazer um simples dreno e a enfermeira veio me dizer agora que eu tenho que esperar cinco horas para poder fazer um exame, um hemograma”, relatou.

VEJA O VÍDEO! 

Quer mais notícias sobre Pará? Acesse nosso canal no WhatsApp

A Redação do Diário Online pediu um posicionamento para a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) acerca da denúncia do PSM Mário Pinotti. A Assessoria de Comunicação enviou uma nota à imprensa que pode ser lida na íntegra a seguir:

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) informa que o Hospital Pronto Socorro Municipal (HPSM) Mário Pinotti é uma unidade de porta aberta integrante do Sistema Único de Saúde (SUS) e que atende não apenas a demanda da capital paraense, mas também de outros municípios do Pará. Nos últimos dias o hospital tem registrado aumento na demanda dos serviços, o que pode levar a um tempo maior de espera. Entretanto, a administração hospitalar não tem registrado falta de atendimento. 

A Sesma informa, ainda, que está trabalhando em reformas necessárias do hospital com um cronograma de serviço estabelecido. A Sesma possui contrato com uma empresa para manutenção predial, que fica à disposição do hospital para reparos de rotina e manutenção preventiva e corretiva.  O órgão municipal de Saúde afirma que, nos últimos seis meses, o HPSM Mário Pinotti passou por reformas, que garantiram melhorias em diversos espaços. 

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Descrição da imagem