25 C
Belém
segunda-feira, julho 22, 2024
Descrição da imagem

O que esperar do goleiro Léo Lang contra a Ferroviária?

Date:

Descrição da imagem

A euforia do jogo azulino no começo desta semana ainda se faz presente do meio da galera. Em uma partida para deixar o cabelo em pé de cada torcedor, a vitória por 4 a 2 do Clube do Remo sobre o Caxias-RS, demonstrou algo positivo até então desconhecido em seu elenco. Uma delas foi a presença do goleiro Léo Lang.

O arqueiro, que entrou no segundo tempo, na fogueira, após contusão de Marcelo Rangel, realizou a sua estreia profissional com a camisa do Leão Azul com primazia. O jogador, mesmo frio, conseguiu ser determinante para a vitória do time no Sul. Léo defendeu um pênalti e conseguiu realizar ao menos mais três defesas complicadas, tudo isso com a visão dificultada com base na neblina que dominou as áreas do estádio Centenário.

RELACIONADAS:

Santana: do caos ao aproveitamento de quase 70% no RemoApós gol e vitória do Remo, Ronald se emociona ao falar da avó

O bom desempenho no jogo passado já deixa o Fenômeno Azul animado para o próximo compromisso fora de casa, na próxima semana (15), diante da Ferroviária-SP, fora de casa. Léo Lang retorna ao posto de titular, desta vez desde o começo do jogo, em substituição a Marcelo Rangel, que vai cumprir suspensão após receber o terceiro cartão amarelo.

A entrada do jogador, que vai com moral, precisa ser ainda mais primorosa. Isso porque o adversário da vez apresenta um retrospecto invejável. Na quinta colocação da tabela, a equipe de Araraquara é a única invicta do Brasileirão da Série C, com seis vitórias e seis empates. Em seus últimos dois jogos, por sinal, um embalo positivo com dois triunfos enfileirados e três gols marcados. O embate diante do Leão Azul, em seus domínios, em caso de combinação, pode render ao oponente a liderança.

Quer ler mais notícias do Remo? Acesse o nosso canal no WhatsApp!

Assim, ciente da adversidade que terá pela frente, mas seguro em ajudar o Mais Querido a seguir nessa ascensão, Léo Lang usa o jogo passado como grande exemplo. “Foi um jogo muito difícil, a equipe do Caxias, por mais que esteja na zona, é muito qualificada. Muito difícil jogar com frio, neblina, pênalti. Sofremos muito no final, mas vale ressaltar a entrega de todos. O clube se organizou bem para essa viagem porque não é fácil a logística. Parabenizar todos pelo empenho, entrega, continuar focado para seguir vivo na competição. Parabéns a todos”, disse.

E MAIS…

Aparentemente, o Clube do Remo entrou de fato na briga por uma vaga na zona de classificação da Série C. Com três vitórias em seus últimos quatro jogos, sendo dois triunfos consecutivos, o Leão Azul enfim embalou na competição após arrancar resultado gigante do outro lado do país, ao passar pelo Caxias-RS, por 4 a 2, na última segunda-feira (15).

A pontuação máxima deixou o time a uma vitória de distância – ao lado de uma combinação simples – de entrar no G8, hoje, principal ambição azulina no campeonato. Para isso, o ritmo que o elenco tem demonstrado no gramado não pode em hipótese alguma decair ou oscilar, já que cada partida daqui por diante tem um clima de decisão.

O foco, assim, segue em alta, com todos os atletas deixando claro o ímpeto para seguir com tudo para a rodada seguinte. O meia Pavani, autor de um golaço no jogo passado, o seu segundo consecutivo, mandou a letra. “Agradecer a todo o grupo por não parar até último minuto. Nosso time era pra estar brigando entre os oito. Entramos na briga, temos que descansar porque temos mais um jogo difícil. Temos que embalar mais vitórias, que será mais fácil chegarmos em nossos objetivos”, destacou.

Ronald volta bem e mostra que pode ser decisivo

ILUMINADO

A pesar do sufoco no embate contra o Caxias-RS, especialmente no segundo tempo, com o domínio integral do adversário, o Clube do Remo conseguiu pôr em prática aquilo que ficou ausente durante boa parte de sua campanha na competição: a eficiência no arremate.

No estádio Centenário, o time conseguiu balançar as redes durante os 90 minutos e marcar praticamente a metade de todos os seus tentos anotados em todos os seus 11 compromissos nesta fase classificatória, que se resumia a 10 gols. Um nome em especial conseguiu contribuir bastante para isso: o atacante Ronald.

O jogador voltou a atuar pelo Leão Azul e em altíssimo nível. Iluminado na partida, o jogador entrou no segundo tempo e levou a qualidade necessária para o time, ao ser peça decisiva no placar final do duelo, com uma assistência para o terceiro gol azulino marcado por Jaderson, que proporcionou uma estabilidade importante na reta final, além de marcar o gol da consagração em lance de oportunismo ao aproveitar falha de Zé Carlos, no último minuto do jogo.

Feliz pelo retorno e no anseio de seguir sendo peça importante para o grupo, Ronald celebrou e fez dedicatória especial. “Primeiramente agradecer a Deus pelo gol e pela vitória que foi importantíssima fora de casa. Agradeço a Deus pela oportunidade. Dedico a minha avó que perdi faz ela há um tempo e foi o primeiro jogo sem ela ao meu lado. Dedico esse gol a ela e a toda a minha família”, comentou o ponta.

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Descrição da imagem