9.1 C
Londres
domingo, abril 14, 2024
Descrição da imagem

Atlético-MG anuncia Gabriel Milito para substituir Felipão

Date:

Descrição da imagem

O Atlético-MG oficializou neste domingo (24) a contratação do argentino Gabriel Milito como o novo treinador da equipe, sucedendo Luiz Felipe Scolari no comando técnico do alvinegro. Aos 43 anos, Milito chega ao clube com contrato assinado até o final da temporada de 2025, conforme anunciado pelos canais oficiais do Galo.Em declaração oficial, o Atlético-MG anunciou que Milito estará em Belo Horizonte para liderar o treino desta segunda-feira (25), marcando o início da semana de preparação para a final do Campeonato Mineiro. O novo treinador expressou sua satisfação e emoção ao se juntar ao Galo nesse novo desafio profissional: “Estou feliz e emocionado por treinar o Galo. Um gigante do futebol brasileiro e da América do Sul. Estou seguro que faremos um grande trabalho.”CONTEÚDO RELACIONADOAtlético-MG demite técnico Felipão após 9 meses no cargoEndrick revela conversa com Bellingham antes de clássicoDorival fala em resgate da confiança após vencer InglaterraCom a chegada de Milito, o clube também confirmou a inclusão de outros quatro profissionais em sua comissão técnica: Leandro Ávila como auxiliar técnico, Sergio Di Bartolo como preparador físico, Juan Manuel Cortes como analista de desempenho, e Patricio Morales como psicólogo.Quer saber mais notícias do futebol brasileiro? Acesse nosso canal no WhatsApp.Milito traz consigo uma carreira de destaque como jogador, principalmente no futebol espanhol. Revelado pelo Independiente em 1997, o argentino passou por clubes como Zaragoza e Barcelona, onde alcançou o ápice de sua carreira sob o comando do técnico Pep Guardiola, conquistando dois títulos da Liga dos Campeões (2009 e 2011). Encerrou sua carreira em 2013 no mesmo clube em que começou, após representar a seleção argentina na Copa do Mundo de 2006.CARREIRA COMO TÉCNICO E SAÚDE MENTALComo treinador, Milito iniciou sua carreira no Estudiantes (ARG) em 2015, com uma segunda passagem em 2019, além de ter comandado o Independiente e o O’Higgins (CHI). Seu último trabalho foi no Argentinos Juniors, onde permaneceu por dois anos e oito meses antes de sair em setembro de 2023, citando questões de saúde mental como motivo de sua saída. VEJA MAIS:

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here