26 C
Belém
segunda-feira, julho 22, 2024
Descrição da imagem

Igor Normando e Éder Mauro lideram corrida em Belém

Date:

Descrição da imagem

Levantamento feito pela Paraná Pesquisas e encomendado pelo DIÁRIO DO PARÁ aponta como está a corrida para a Prefeitura de Belém. A pesquisa abordou diversos cenários e avaliou ainda quem são os candidatos mais rejeitados, além de revelar como os entrevistados analisam o segundo mandato do governador Helder Barbalho.

Para a realização desta pesquisa foi utilizada uma amostra de 800 eleitores, que foram entrevistados entre os dias 9 e 14 de junho de 2024. O grau de confiança é de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 3,5 pontos percentuais para os resultados gerais. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º PA-04749/2024.

Na estimulada, quando os nomes são apresentados aos entrevistados, a sondagem aponta que o deputado federal Éder Mauro (PL) tem 30,0% da intenção de votos, contra 18,4% de Igor Normando (MDB). O prefeito Edmilson Rodrigues (Psol) aparece em terceiro com 13,4%, seguido de Thiago Araújo (Republicanos) com 8,0%, Eguchi (Avante) com 7,1%, Jefferson Lima (Podemos) com 6,1%, Italo Abati (Novo) com 1,4% e Marcos Souza (Agir) com 1,1%. O percentual de brancos e nulos chega a 9,4%, enquanto 5,1% não sabem ou não responderam.

Conteúdos relacionados:

Miro Sanova é pré-candidato a prefeito de AnanindeuaEleições 2024: conheça a história das urnas eletrônicas

Em outro cenário, Sem Jefferson Lima e sem Marcos Souza, o delegado Éder Mauro aparece com 32,0%, Igor Normando 19,0%, Edmilson Rodrigues 14,5%, Thiago Araújo 9,9%, Eguchi 7,8% e Italo Abati 1,4%. Não sabe ou não respondeu somam 5,1% e brancos e nulos 10,4%.

Em março, a Paraná Pesquisas divulgou a primeira rodada da corrida à PMB, em levantamento contratado pela RedeTV! Belém. Em comparação ao levantamento anterior, Éder Mauro sobe de 26,5 % para 30% e Igor Normando sobe de 6,5% para 19%, considerando- se o primeiro cenário com todos os candidatos.

Na pesquisa de narço, Edmilson aparecia em três cenários com 11,1%, 12,3% e 12,5%, respectivamente, e agora está com 13,4%. Thiago Araújo aparecia em dois cenários: com 8,4% e 9,5% em outro e agora caiu para 8,0%. E Eguchi, que também estava em dois cenários na pesquisa de março, caiu para 7,1%. Ele aparecia com 8,8% e 9,4% nas duas situações. Com exceção de Igor, todos esses oscilaram dentro da margem de erro, que é de 3,5%.

Quer saber mais notícias do Pará? Acesse nosso canal no Whatsapp

REJEIÇÃO

A Paraná Pesquisas apontou que 59,4% dos eleitores não votariam de jeito nenhum em Edmilson Rodrigues. Os que dizem não votar em Eder Mauro são 32,6%. Eguchi é o terceiro mais rejeitado com 13,4%, seguido de Jefferson Lima com 11,5%, Thiago Araújo com 8,8%, Igor Normando com 7,6%, Marcos Souza com 7,2% e Italo Abati com 6,6%.

PESO

A pesquisa apontou ainda o impacto na indicação do governador Helder Barbalho na decisão de votar em um candidato apoiado por ele à Prefeitura. Um total de 29,0% informou que ‘com certeza votaria’, outros 44,3% disseram que ‘poderiam votar’ e 23,4% informaram que ‘jamais votariam’. Outros 3,4% não opinaram.

Em relação ao peso do presidente Luiz Inácio Lula na indicação, 19,6% assumem que ‘com certeza votariam’ no candidato, outros 29,1% ‘poderiam votar’ e 47,7% ‘jamais votariam’. Outros 3,5% não opinaram. Perguntados se votariam em algum indicado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro, 23,3% disseram que ‘com certeza votariam’, outros 24,8% ‘poderiam votar’ e 49,5% ‘jamais votariam’ no candidato apontado por Bolsonaro. E 2,5% não opinaram.

GOVERNO EDMILSON

Os entrevistados avaliaram a administração de Edmilson Rodrigues e 75,5% desaprovaram a forma como ele comanda a cidade. Na pesquisa de março, esse número era de 75,5%. Outros 21,3% aprovam sua gestão e 3,3% não sabem ou não opinaram. Outros 14,9% consideram apenas como regular e 70,1% o avaliam como ruim ou péssimo. E 2,0% não opinaram. Esses números são praticamente idênticos ao da pesquisa feita pela Paraná , em março.

GOVERNO HELDER

Já o governador Helder Barbalho tem a aprovação de 77,8% dos entrevistados, que aprovam a forma como administra o estado. Outros 18,5% desaprovam e 3,8% não sabem ou não opinaram. Para 61,2%, Helder faz uma boa ou ótima gestão, enquanto 25,1% o avaliam como regular e apenas 12,0% classificam a administração como ruim ou péssima. E 1,8% não sabe ou não opinou. Isso coloca o governador Helder como o mais bem avaliado no Brasil, considerando-se as pesquisas divulgadas nos últimos meses.



Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Descrição da imagem