8.2 C
Londres
segunda-feira, abril 15, 2024
Descrição da imagem

Traficantes usam peixes para abafar cheiro de maconha

Date:

Descrição da imagem

A Polícia Federal apreendeu 3,2 quilos de maconha que estavam sendo transportados dentro de peixes. A apreensão foi feita na manhã deste sábado no Aeroporto do Galeão.

De acordo com a PF, a carga era de um homem que estava desembarcando de voo proveniente de Manaus.

CONTEÚDO RELACIONADO:

Jovem é preso com drogas dentro de bagageiro da moto

O homem, de 22 anos, foi preso em flagrante e, segundo a PF, encaminhado ao sistema prisional do estado onde permanecerá à disposição da Justiça.

Ele responderá pelo crime de tráfico interestadual de drogas, cuja pena pode chegar a 15 anos de reclusão.

Quer mais notícias de Brasil? Acesse nosso canal no WhatsApp

A droga foi identificada pelos policiais federais lotados na Delegacia Especial da PF no Aeroporto Internacional do Galeão (DEAIN), após fiscalização de rotina. A droga estava acondicionada de forma oculta dentro de peixes em uma caixa de isopor.

PRÁTICA USADA PARA DISFARÇAR ODOR

A forma de armazenamento de drogas em peixes é vista pelas autoridades de segurança como uma nova manobra dos traficantes para disfarçar o odor característico dos entorpecentes, já que o odor dos peixes ajuda a abafar e até confundir o olfato apurado de cães farejadores.

No último dia 22 de março, uma mulher, em voo também  proveniente de Manaus foi presa no aeroporto de Viracopos, em Campinas, São Paulo, com 6 quilos de “supermaconha” dentro de peixes.   

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here