13.8 C
Londres
quinta-feira, abril 18, 2024
Descrição da imagem

Prefeito e mais três são presos em Limoeiro do Ajuru

Date:

Descrição da imagem

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO), vinculado ao Ministério Público do Estado do Pará, realizou operação que resultou na prisão de quatro pessoas suspeitas de desviarem dinheiro público da Saúde, nesta quinta-feira (28). Dentre os alvos da ação de repressão ao crime , está o prefeito de Limoeiro do Ajuru, Alcides Abreu Barra, o secretário de Saúde do município e uma servidora pública.

De acordo com informações do Gaeco, eles recebiam dinheiro de uma empresa que ganhou uma licitação para prestar serviços no setor de saúde. Ainda segundo informações do Grupo, o gestor recebia o dinheiro na própria conta dele e na conta de pessoas que ele indicava. Os quatro detidos serão encaminhados às unidades prisionais da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Pará (SEAP).

O Gaeco é o órgão interno do Ministério Público do Estado do Pará responsável por identificar, reprimir, combater, neutralizar e prevenir ameaças que as organizações criminosas possam representar à democracia brasileira.. Funciona como um canal permanente de comunicação e atuação entre o MPPA, as instituições públicas estaduais e federais e a sociedade.

ALCIDES ABREU BARRA

O prefeito de Limoeiro do Ajuru, Alcides Abreu Barra, nasceu em Cametá e é gradurado em História e Engenharia Civil. Ele começou sua vida pública em 1976 e, em 1989, foi eleito vereador de Limoeiro do Ajuru, chegando a presidir a Câmara Municipal nos anos de 1991 e 1992. De 1993 a 1996, foi vice-prefeito no mandato de Manoel das Graças de Sousa. Em 2000 foi lançado pelo PSDB candidato a prefeito e foi eleito tendo ao lado Norival Pimentel, como Vice, e governaram de 2001 a 2004.

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here