9.1 C
Londres
domingo, abril 14, 2024
Descrição da imagem

Mais de 721 mil famílias podem ter desconto na conta de luz

Date:

Descrição da imagem

Uma economia é sempre bem-vinda, principalmente quando se trata de contas fixas como a de energia. No programa Tarifa Social, famílias que atendem os critérios estabelecidos podem reduzir em 65% as despesas com energia. De acordo com a Equatorial Energia, no Pará, cerca de 1 milhão de famílias já são beneficiadas pelo programa e outras 721 mil famílias têm direito a serem beneficiadas, no entanto, ainda não estão devidamente cadastradas.

“Para indígenas e quilombolas essa redução pode chegar até 100%, de acordo com a faixa de consumo. E o dinheiro economizado pode ser usado para a compra de alimentos, roupas, material escolar e outras despesas da família”, afirma o analista de relacionamento com o cliente da Equatorial, Alexandro Freitas.

Ele também ressalta que as famílias que já usufruem do benefício precisam manter os dados atualizados junto ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou nas Centrais do CadÚnico, a cada dois anos. Neste ano, 80 mil famílias precisam fazer a atualização.

Conteúdos relacionados:

Mulheres em cadeias paraenses produzem 5 mil ovos de PáscoaAlepa aprova o reajuste dos profissionais da educaçãoPará tem as cidades mais casamenteiras do país

CADASTRO

Para se cadastrar no programa, as famílias precisam se encaixar em um dos três critérios a seguir: estar inscrito no Cadastro Único do Governo federal com Número de Identificação Social (NIS) ativo e atualizado nos últimos 2 anos, ter renda por pessoa de até meio salário mínimo; estar recebendo Benefício de Prestação Continuada (BPC) como pessoa com deficiência ou no caso de idoso acima de 65 anos estar recebendo o Amparo Social; ter na composição familiar pessoa que faça uso de equipamento elétrico de forma continuada (devido doenças, síndromes, transtorno como é o caso do TEA – Transtorno do Espectro Autista).

CRITÉRIOS

No caso de famílias que tenham pessoas que façam uso de equipamento elétrico de forma contínua, o analista destaca. “Além do cadastro no CadÚnico, a renda familiar deve ser de até 3 salários mínimos e também deve ser apresentado nas agências de atendimento, o laudo médico com informações clínicas do paciente, equipamentos necessários e período do tratamento”, disse.

Vale reforçar que a conta de energia não precisa estar no nome do titular do NIS, ou seja, não precisa mudar o nome do titular na conta de energia. Para não perder o benefício por causa da falta de atualização, o responsável familiar deve reunir a documentação de todos da família e levar ao CRAS para realizar esta atualização e com isso garantir a continuidade do desconto de até 65% na conta de energia elétrica.

REQUISITOS PARA RECEBER O BENEFÍCIO:

Estar inscrito no CadÚnico (possuir Número de Inscrição Social – NIS) com renda familiar mensal de até meio salário mínimo por pessoa;

Ser idoso com 65 anos ou mais ou pessoas com deficiência, que recebam o Benefício da Prestação Continuada (BPC);

Famílias inscritas no CadÚnico que tenham portador de doença que necessite de aparelhos ligados à energia elétrica de forma continuada devido doenças, síndromes, transtorno como é o caso do TEA – Transtorno do espectro autista, com renda familiar de até 3 salários mínimos e laudo médico com informações clínicas do paciente, equipamentos necessário e período do tratamento.

Famílias indígenas e quilombolas, também podem ser atendidas pela tarifa social desde que estejam inscritas no CadÚnico com renda familiar mensal de até meio salário mínimo por pessoa; ou um dos membros da família possuir Benefício da Prestação Continuada (BPC).

Como se cadastrar?

No CRAS mais próximo da sua residência

No site da Equatorial Pará: www.equatorialenergia.com.br

Via WhatsApp – através da Clara, atendente virtual – (91) 3217-8200

Nas agências de atendimento presencial

No aplicativo da Equatorial no smartphone

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here