14 C
Londres
segunda-feira, maio 20, 2024
Descrição da imagem

Mais de 500 mil famílias podem ter conta de luz mais barata

Date:

Descrição da imagem

Um total de 526 mil famílias paraenses estão habilitadas a se cadastrarem no programa “Tarifa Social de Energia Elétrica” e ganhar descontos no pagamento da conta de energia. O quantitativo foi apresentado nesta segunda-feira, 29, durante reunião do diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Sandoval de Araújo Feitosa Neto, e o governador Helder Barbalho, em Belém.

“Estávamos discutindo soluções que possam reduzir e baratear a conta de energia no Estado do Pará. Como todo mundo sabe, pagamos uma energia caríssima, apesar de ser um Estado que produz energia, que exporta energia para o Brasil, mas isso tem trazido um sacrifício enorme para a nossa população”, contextualizou o governador Helder Barbalho.

“Quero chamar atenção das pessoas que estão cadastradas no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais), portanto, as pessoas mais vulneráveis, você tem direito a requerer a tarifa social. Aqui no Pará, 526 mil domicílios, portanto, 526 mil famílias não solicitaram a tarifa social, o que significa estarem perdendo a oportunidade de reduzir em até 65% a tua conta de energia”, alterou o governador.

Quer mais notícias sobre Pará? Acesse nosso canal no WhatsApp

Na oportunidade, o diretor da ANEEL, Sandoval de Araújo Feitosa Neto, explicou que a solicitação é gratuita e desburocratizada. “É importante que o consumidor procure a Equatorial Pará e requeira esse direito. É automático. Basta chegar na empresa, mostrar que faz parte do CadÚnico e que vai fazer juízo desse desconto de até 65% à sua conta de energia elétrica”, detalhou Sandoval.

O programa é regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e beneficia famílias de baixa renda, quilombolas, indígenas ou pessoas que recebam o Benefício da Prestação Continuada (BPC), com descontos que podem diminuir até 65% do valor da conta de energia.



Como fazer o cadastro?

O cadastro na “Tarifa Social” pode ser feito por meio da central de atendimento da empresa, no 0800 091 0196; pelo WhatsApp através do número (91) 3217-8200; ou ainda em uma das agências de atendimento presencial e fazer o cadastro de forma rápida e prática. O cliente deverá informar a conta contrato e seguir as orientações da assistente virtual Clara, informando o número do NIS (Número de Identificação Social), seja do titular da conta, seja de qualquer familiar que more na mesma casa.

NIS

Para fazer o cadastro na “Tarifa Social”, é importante que o NIS esteja ativo. Essa informação é dada na Central de relacionamento da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania: 0800 707 2003 ou por meio de consulta da validade do NIS pelo aplicativo para smartphones, “Meu CadÚnico”, disponível para Android e IOS.

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here