25 C
Belém
sexta-feira, julho 19, 2024
Descrição da imagem

Infovia garante internet de fibra ótica para o Estado

Date:

Descrição da imagem

Iniciaram, ontem (11), as obras de implementação da Infovia 03, que vai conectar Belém e Macapá com internet de fibra óptica, além de cidades da Ilha do Marajó, como Breves e Curralinho. Serão 624 quilômetros de cabos subfluviais e um investimento de cerca de R$ 100 milhões de reais. A expectativa é beneficiar 10 milhões de brasileiros residentes na região amazônica. Durante o dia, ainda foram realizadas uma Blitz da Telefonia Móvel para verificação da qualidade de conexão móvel e a entrega de computadores a representantes de instituições e escolas públicas.

A iniciativa faz parte do Programa Norte Conectado do Governo Federal, por meio do Ministério das Comunicações, que tem o objetivo de incentivar e melhorar a infraestrutura de acesso à internet para todos os brasileiros, principalmente para regiões mais distantes do Brasil. No total, serão cerca de 12 mil quilômetros de cabos subfluviais implantados em todo o país. São mais de 60 localidades, entre municípios e cidades ribeirinhas, que receberão a infraestrutura.

Quer mais notícias sobre o Pará? Acesse o nosso canal no WhatsApp!

“A gente busca levar essa inclusão digital para os brasileiros que ainda estão desassistidos, que ainda estão nessa escuridão digital. Estamos fazendo a inserção dos brasileiros nesse mundo da mídia digital, levando comunicação, conhecimento, oportunidade e para chegar desenvolvimento, infraestrutura, indústria […] e a internet, a conectividade é o insumo essencial para que chegue nesses locais para diminuir essas desigualdades”, afirma o ministro das Comunicações, Juscelino Filho.

Nessa etapa, serão 26 dias de implantação com finalização prevista para o próximo dia 06 de abril, na cidade de Macapá. A expansão da estrutura de comunicação fibra óptica busca conectar a Amazônia a partir dos municípios paraenses e gerar maior infraestrutura em Belém, a capital sede da COP30. O serviço público, como escolas, unidades de saúde, universidades, tribunais e fóruns, será o principal beneficiado.

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

Jader Filho “bota pra andar” obras Do Minha Casa Minha VidaMinistro Jader Filho lança obras e programas em Belém. Veja

UFPA

De acordo com o ministro das Cidades, Jader Filho, o investimento deve promover mais desenvolvimento em várias localidades do estado. “Para quem conhece a realidade do Pará, essa ação do Ministério das Comunicações é essencial quando a gente faz chegar em cidades do Marajó internet de qualidade. Com certeza, nós vamos fazer com que esses municípios possam se desenvolver e atender as necessidades das suas populações”, disse.

Em Belém, a Universidade Federal do Pará (UFPA), campus Guamá, foi a sede do lançamento do primeiro metro da internet fibra óptica da Infovia. A implementação da internet será a principal aliada da educação superior. “A chegada da internet de qualidade possibilitará o incremento daquilo que fazemos em ensino pesquisa e extensão”, afirmou o Reitor da UFPA, Emmanuel Tourinho.

Durante o dia, ainda foi assinado um acordo de cooperação entre o Ministério do Turismo e o Ministério das Comunicações para prover acesso à internet a locais turísticos do estado. “Iremos proporcionar internet em alta velocidade, estabilidade e segurança para locais turísticos e para zonas de exploração da atividade turística onde ainda não possuem internet, como a Ilha do Combu”, garantiu Celso Sabino, ministro do Turismo.

A Infovia 03 é a segunda do tipo no estado do Pará. Em agosto do ano passado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro Juscelino Filho inauguraram em Santarém (PA) a Infovia 01, que liga a cidade a Manaus (AM), além de nove municípios, sendo cinco no Pará: Curuá, Óbidos, Oriximiná, Juruti e Terra Santa. Os demais, Parintins, Urucurituba, Itacoatiara e Autazes, ficam no estado do Amazonas.

 

 

AS INFOVIAS

No total, serão viabilizadas 28 infovias no País. O objetivo da iniciativa é ampliar a capacidade de tráfego de dados e a disponibilidade de banda larga em municípios de difícil acesso. Conhecidas também como “estradas digitais”, as infovias contam com um investimento total de R$ 1,9 bilhão pelo Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Os recursos são do Orçamento Geral da União, dos ministérios das Comunicações e da Ciência, Tecnologia e Inovações, do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e do Leilão do 5G.

As infovias permitem o tráfego de dados de forma mais rápida e eficiente em diferentes localidades. Elas vão impulsionar a conexão de equipamentos públicos, como instituições de pesquisa, hospitais, escolas, órgãos do sistema de Justiça, e vão permitir, ao mesmo tempo, que a iniciativa privada, por meio das operadoras de telefonia, impulsione o mercado, fomentando o crescimento econômico nessas localidades.

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Descrição da imagem