13.8 C
Londres
quinta-feira, abril 18, 2024
Descrição da imagem

IBGE: Pará tem mais de 14 mil aglomerações de habitantes

Date:

Descrição da imagem

Pela primeira vez o Censo realizado pelo IBGE identificou onde estão as maiores e as menores aglomerações da população brasileira. Os dados do “Censo 2022 – Agregado por Setores Censitários Preliminares – População e Domicílios”, divulgados ontem, 21, mostram que o Pará tem 14.552 setores censitários em seus 144 municípios, com 256 distritos e nenhum subdistrito. Belém é o município com maior quantidade de setores censitários, ao todo 1.823, seguido de Ananindeua (678 setores) e Santarém (607 setores).

O setor censitário é uma unidade territorial de coleta e divulgação de dados estatísticos do IBGE. Os pesquisadores comparam com “colocar uma lupa” em cima dos municípios, com dados da população e domicílios responsáveis pelo recorte do setor censitário.

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

Pará é o sétimo estado com a população mais festeiraBrasil tem 203 milhões de habitantes e Pará 8 milhõesCenso 2022: número de idosos e de mulheres cresce no Pará

“Esses dados são muito usados pelo poder público, pesquisadores, universidades. É uma oportunidade para se chegar a dados em nível local, em um recorte muito mais detalhado”, explica o pesquisador do IBGE, Raphael Moraes.

Os dados territoriais mais detalhados sobre o Pará mostram que nos 1.823 setores analisados na capital paraense foram contabilizadas 1.303.403 pessoas em 528.989 domicílios (528.686 domicílios particulares e 303 coletivos). Na coleta de informações foi identificado que do total de domicílios particulares em Belém, 423.268 estavam ocupados na data da realização do Censo (2022), o que dá uma diferença de 105.721. A média de moradores em domicílios particulares ocupados foi de 3 pessoas.

Quer mais notícias do Pará? Acesse o nosso canal no WhatsApp!

Ananindeua é o segundo município paraense com o maior número de setores identificados pelo IBGE, com 678 setores onde vivem 478.778 pessoas em 187.386 domicílios, sendo 187.331 particulares e 55 coletivos. A média de moradores em domicílios particulares ocupados no município foi de 3,08 pessoas. Santarém vem em seguida, com 607 setores onde residem 331.942 pessoas em 118.573 domicílios: 118.426 particulares e 147 coletivos.

DISTRITOS

O IBGE mensurou os distritos nas cidades paraenses e revelou que Belém está entre os municípios brasileiros com o maior número de distritos. Benguí tem o maior número de setores censitários (376); seguido pelo Guamá, com 358 setores; e Sacramenta, com 306. Em seguida estão: Icoaraci (230 setores), Entroncamento (176), Mosqueiro (90) e Outeiro (84).

O Guamá aparece com o maior número de habitantes, 283.619 pessoas em 104.872 domicílios, sendo 89.136 particulares ocupados. A média de moradores em domicílios nesse distrito é de 3,18 pessoas; Benguí vem em seguida com 275.689 pessoas em 108.043 domicílios; Sacramenta com 230.846; Icoaraci com 171.529; Entroncamento com 123.823; Outeiro, com 39.480; e Mosqueiro, com 38.385 moradores.

Grande Belém

Entre os municípios que integram a Região Metropolitana de Belém, Murucupi é o distrito de Barcarena com o maior número de habitantes (39.088); Benfica o maior de Benevides (28.129); Americano e Caraparu são os maiores distritos de Santa Izabel; e Apeú o maior de Castanhal.

Santarém

Em Santarém, o distrito de Boim se destaca como o de maior quantidade de setores censitários (61 setores), seguido pelos distritos de Alter do Chão (40 setores), Curuai (28) e Arapixuna (10), sendo que Curuai abriga o maior número de moradores, com 17.248 habitantes em 5.461 domicílios, com média de ocupação de 4,1 pessoas.

BRASIL

Nos 26 Estados brasileiros e em 5.570 municípios, o IBGE delimitou 452.338 setores censitários.

A maior parte dos brasileiros vive em uma estreita faixa de apenas 150 quilômetros de largura ao longo de todo o litoral do Brasil.

No total, 54,8% da população se aglomera perto da praia, contra 45,6% em todo o restante do país.

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here