25 C
Belém
sexta-feira, junho 21, 2024
Descrição da imagem

Brasil assinará acordo de cooperação com a França

Date:

Descrição da imagem

O presidente da França, Emmanuel Macron chega na próxima terça-feira, 26, a Belém. Seu primeiro compromisso inclui a visita a um dos mais bucólicos centros gastronômicos do Pará: a Ilha do Combu, em Belém, e um dos destinos turísticos mais procurados por quem visita a capital paraense. A agenda do líder francês foi divulgada ontem, 22, pela embaixadora Maria Luísa Escorel de Moraes, secretária de Europa e América do Norte do Itamaraty, que concedeu entrevista coletiva no Palácio do Planalto para detalhar as atividades do presidente no País.

A agenda no Pará foi a que mais chamou a atenção de quem acompanhava a entrevista, já que envolve visitas a localidades que mostram a realidade amazônica, sua biodiversidade e a população que mora na região.

Acompanhado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelo governador do Pará, Helder Barbalho e pelo ministro das Cidades, Jader Filho, Macron vai conhecer na Ilha do Combu, a Casa de Chocolate, comandada pela família da líder comunitária e empresária, Izete Costa, a dona Nena, que mantém a produção de cacau e chocolate há mais de uma década na ilha. Com a marca “Filha do Combu”, a produção de chocolates é a maior fonte de renda da família.

Conteúdos relacionados

Veja: Jader Filho assinará acordo bilateral com Macron no PAHelder receberá Lula e Macron na próxima terça em Belém

Ainda na ilha, está prevista uma visita a uma floresta local onde os dois presidentes terão uma reunião com lideranças indígenas. “Queremos mostrar um exemplo exitoso de atividade sustentável na Amazônia, que traz renda digna para essas pessoas”, disse a embaixadora.

“A ideia é que o presidente Lula possa mostrar a Macron a complexidade da realidade amazônica, que não é apenas uma grande floresta, mas também um local onde há uma grande população, são 25 milhões de pessoas. Como podemos trabalhar com essas populações para que tenham uma vida digna e ao mesmo tempo respeitar a floresta”, completou Maria Luísa Escorel.

COP 30

O ministro das Cidades, Jader Filho, detalhou que, além de temas como a biodiversidade do Pará, e o detalhamento de projetos que estão sendo executados para preparar Belém para a COP30, o governo francês vai assinar um acordo de cooperação bilateral com o Brasil.

“Esse acordo vai permitir a execução de projetos de desenvolvimento urbano para aprimorar a capacidade de estruturação de projetos nessa área, favoráveis à atração de recursos internacionais. O acordo abrange ações em saneamento básico, tratamento de esgoto e drenagem, manejo de resíduos sólidos, mobilidade urbana de baixo carbono, habitação especial, habitação de interesse social como o Minha Casa, Minha Vida, além de cidades sustentáveis, resilientes e inteligentes”, detalhou o ministro.

Quer mais notícias sobre o Pará? Acesse nosso canal no WhatsApp

Jader Filho lembrou que Belém está no centro das discussões sobre o futuro do planeta. “Com a COP30 chegando cada vez mais perto, esses encontros internacionais atraem os olhares do mundo para a importância da Amazônia e do desenvolvimento sustentável. Lembrando que, sem justiça social, não há justiça ambiental”, reforçou o ministro paraense.

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Descrição da imagem