8.2 C
Londres
segunda-feira, abril 15, 2024
Descrição da imagem

Volante quer honrar o legado da família contra o Paysandu

Date:

Descrição da imagem

Este sobrenome: Aguiar da Silva, te lembra algo? Saiba que tem uma longa história no futebol paraense. Neste caso, ele também pertence ao volante Guly, do Bragantino, que é primo de Vanderson, ídolo do Paysandu, e de Ilaílson, ex-dupla Re-Pa.Vanderson dispensa comentários. O ex-jogador atuou no Paysandu por oito temporadas, onde conquistou quatro Campeonatos Paraenses, uma Copa Norte, uma Série B e a Copa dos Campeões. Ainda por cima, disputou a Libertadores na campanha histórica do Lobo.Conteúdo Relacionado:Esli Garcia brilha e Paysandu atropela o BragantinoConfira os gols de Bragantino 0 x 3 PaysanduO ex-volante ainda foi tetracampeão baiano e ganhou uma Copa do Nordeste pelo Vitória. Já Ilaílson jogou três anos pelo Remo, conquistando dois Campeonatos Paraenses, e um ano pelo Paysandu, onde ganhou um Parazão e uma Copa Verde.”Eu sou grato a Deus por ter dois ídolos dentro do futebol paraense, como o Vanderson, que é meu primo e ídolo do Paysandu, e o Ilaílson, que é meu irmão e que teve uma carreira muito boa no futebol paraense, jogando no Remo e Paysandu. Os dois sempre serão um espelho para que eu possa seguir a minha carreira como jogador. Eles sempre me dão um apoio maior, conselhos. Busco sempre melhorar com as dicas que me dão. É ótimo ter eles por perto. Apesar de o Vanderson ser meu primo, o considero como irmão. Sou iluminado por ter eles por perto. Vou sempre procurar honrar a nossa família”, destacou Guly, de 34 anos.Buscando se inspirar nos parentes vencedores no futebol paraense, ele tem uma missão bastante complicada contra o Paysandu. Isso porque o Bragantino perdeu na ida das quartas de final pelo placar de 3 a 0 e agora precisa virar dentro da Curuzu se quiser chegar às semifinais e garantir calendário em 2025.”Sabemos que é difícil reverter esse placar, mas vamos tentar de tudo dentro da Curuzu. Vamos procurar dar o nosso melhor e fazer os gols. Sabemos que é complicado enfrentar uma equipe de Série B como o Paysandu, mas vamos em busca de ir diminuindo a vantagem. Espero que possamos conseguir”, ressaltou.Paysandu e Bragantino se encontram no próximo domingo (17), no Estádio Leônidas Sodré de Castro, a Curuzu, a partir das 17 horas. O Papão pode perder por até dois gols de diferença, enquanto que o Tubarão precisa vencer por quatro.  

 

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here