10.7 C
Londres
sábado, abril 20, 2024
Descrição da imagem

Vídeo: Vini Junior chora ao falar de racismo

Date:

Descrição da imagem

O atacante da seleção brasileira e do Real Madrid Vinicius Junior chorou nesta segunda-feira (25) ao falar sobre os constantes episódios de racismo que têm enfrentado ao longo dos últimos anos na Espanha por torcedores de equipes adversárias.”Cada vez estou mais triste, tenho menos vontade de jogar, mas vou seguir lutando”, afirmou o jogador revelado pelo Flamengo em conversa com jornalistas antes de partida amistosa contra a Espanha, nesta terça-feira (26). Com o lema “Uma só pele”, o jogo faz parte dos esforços da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e da Federação Espanhola de Futebol de promoção de ações de combate ao racismo e a violência no futebol.Atuando desde 2018 pelo Real Madrid, o brasileiro tem sido obrigado a conviver com frequentes ofensas racistas —desde comentários preconceituosos em programas esportivos até os gritos de ‘macaco’ proferidos por torcidas adversárias, passando pela simulação de enforcamento de um boneco com a camisa do craque.CONTEÚDO RELACIONADOCBF manifesta solidariedade a Vini Jr em novo ataque racistaLesão deixa Vini Junior fora até fevereiroVini Jr brilha, Real Madrid goleia e amplia liderançaVinicius Junior disse que está frustrado com a falta de punições na Espanha contra os torcedores racistas e que, se fosse apenas por si, teria desistido de seguir lutando pela causa da igualdade racial. Segundo ele, a cada denúncia que faz contra os casos de racismo que sofre durante as partidas, há um aumento nas manifestações preconceituosas.”Quero lutar por todos aqueles que são pretos, pobres e não podem entrar no mercado e fazer tudo o que querem de forma tranquila porque sempre vai ter alguém julgando, acompanhando, [são situações] que já se passaram muitas vezes comigo, com minha família”.O jogador disse que tem procurado estudar para conhecer mais a respeito do racismo para poder falar com maior propriedade do tema. “Fui escolhido para defender uma causa tão importante e que a cada dia eu estudo mais sobre e venho aprendendo para que meu irmão que tem 5 anos não venha passar tudo que eu estou passando.”Quer saber mais de esporte? Acesse o canal do DOL no WhatsappEle afirmou que seu pai, Vinicius José Paixão de Oliveira, sempre teve dificuldade para conseguir trabalho por ser negro. Na escolha entre um candidato branco e um negro, sempre escolhem o branco, disse o atacante do Real Madrid.E MAIS

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here