25 C
Belém
sexta-feira, junho 21, 2024
Descrição da imagem

Paysandu quer encaminhar vaga no primeiro jogo em Manaus

Date:

Descrição da imagem

Depois de assegurar participação na penúltima fase do Parazão, ao bater o Bragantino, no último final de semana, o Paysandu muda de rota e, hoje, às 20h (horário de Belém), enfrenta o Manaus-AM, na Arena da Amazônia, na cidade de Manaus, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Verde. O jogo de volta está marcado para o próximo domingo, às 17h, na Curuzu. Para chegar a essa fase do torneio interestadual, as equipes eliminaram, em jogo único, o Rio Branco-AC (3 a 0) e o Tocantinópolis-TO (3 a 2), respectivamente, atuando em suas casas. Papão e Gavião entram em campo sem vantagem.O Paysandu viajou para a capital do Amazonas levando na bagagem o desejo de assegurar uma vitória na partida de ida para que possa jogar mais tranquilo a segunda partida diante de seus torcedores. Já o time manauara, claro, não abre mão de fazer o seu dever de casa, assegurando, assim, um passo importante para a ida à semifinal do torneio. O confronto, como historicamente tem ocorrido, promete ser bastante equilibrado. Desde que as equipes começaram a se enfrentar, em 2018, jamais houve goleada, com os resultados dos confrontos sendo sempre apertados.NOTÍCIAS RELACIONADAS:Volante reencontra Nicolas no Paysandu e relembra parceriaPaysandu pode ganhar reforços para jogos da Copa Verde 2024O histórico do jogo registra a vantagem do Paysandu, que soma cinco vitórias, contra duas do oponente. Em três jogos ocorreram empates, curiosamente, todos pelo mesmo placar: 1 a 1. As vitórias mais expressivas foram do time alviceleste: 2 a 0 pela Série C do Brasileiro de 2021 e 2022. Atuando como visitante, o Papão já obteve dois empates por 1 a 1 e uma vitória por 2 a 1. O Paysandu defende a hegemonia no torneio. O clube paraense é o maior detentor de títulos da disputa e este ano busca o seu 4º troféu. Já o Manaus, fundado em 20013, apenas um ano antes da 1ª edição do torneio, jamais foi campeão.A conquista do título da CV é encarada pelos bicolores como uma questão de honra, depois de o time ter sido eliminado da Copa do Brasil de forma vexatória, ao cair diante do Juventude-RS, por 3 a 1, fora de casa. O resultado atiçou críticas por parte dos torcedores que cobram a contratação de jogadores à altura da Série B do Brasileiro, competição mais importante do calendário do clube na temporada e que já está batendo na porta, com o seu início ocorrendo no próximo mês. O Papão pega logo de cara o Santos-SP, cotadíssimo para ficar com uma das quatro vagas na Série A de 2025.Quer mais notícias sobre o Paysandu? Acesse o nosso canal no WhatsApp!+ADVERSÁRIOO Manaus quer evitar surpresas desagradáveis dentro de casa e mantém o sinal amarelo ligado contra o Paysandu. O meia Adenilson, por exemplo, alertou para o perigo que representa o Papão no confronto de 180 minutos. “São dois jogos muito difíceis. Sabemos da dificuldade que é enfrentar o Paysandu, mas trabalhamos duro durante a semana para chegar bem e preparado para fazer um bom jogo”, comentou o jogador.Adenilson ressaltou que a equipe do Amazonas encara a decisão por partes, evitando colocar a carroça adiante dos bois, como diz o ditado popular. “Primeiro estamos pensando neste primeiro jogo em casa, quando precisamos fazer o nosso dever. Depois pensaremos no jogo de volta, na casa deles. Mas estamos confiantes. Vamos chegar para vencer”, afirmou o jogador. O time para o embate com o Papão não deve mudar muito em relação ao que empatou, por 1 a 1, com o Nacional-AM, pelo Estadual local.REVEZAMENTOBem antes do começo da Copa Verde, o técnico Hélio dos Anjos antecipou que o goleiro Diogo Silva, de 37 anos, seria o titular do Paysandu na competição, com Matheus Nogueira ficando no banco de reservas. E logo no jogo de estreia do time bicolor no torneio, Silva pode se apresentar ao torcedor do Papão no jogo contra o Rio Branco-AC, em Belém, fazendo, inclusive, duas defesas bastante difíceis. Agora, o arqueiro volta a ser chamado pelo treinador e estará em ação, hoje, contra o Manaus. 

 O jogador afirmou, ontem, antes do embarque do time para a capital manauara que espera por um jogo complicado na Arena Verde. “É mais um adversário difícil e qualificado. Temos de ir lá com total concentração e foco para superarmos o adversário”, disse. Falando sobre o revezamento com o companheiro de posição, Silva afirmou que ela tem se dado de maneira honesta. “É tranquila. A gente tem de respeitar a decisão do professor e respeitar quem está jogando”, disse. “A gente quer ganhar a concorrência, mas sem perder o respeito. Penso assim. Tenho de vencer, mas com respeito”, completou.O goleiro foi além ao comentar a disputa com Nogueira. “Quando o Matheus está jogando eu torço, eu oro para que ele faça o melhor e Deus o abençoe”, garantiu. Voltando a falar sobre o jogo propriamente, Silva comentou: “Estamos sempre focados e concentrados no próximo jogo. Todos os jogos para nós são importantes e a Copa Verde não deixa de ter a sua importância. É a primeira partida e esperamos conseguir uma boa vantagem para que a gente volte para casa e consiga a classificação aqui dentro”, concluiu.

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Descrição da imagem