26 C
Belém
terça-feira, julho 16, 2024
Descrição da imagem

Paysandu não joga pela manhã na Série B há quase 9 anos

Date:

Descrição da imagem

Depois de quase nove anos, o Paysandu voltará a jogar pela manhã no Brasileiro. O próximo compromisso do Papão na Série B do Nacional será no domingo que vem, às 11h, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, diante do Coritiba-PR, pela 14ª rodada do campeonato.

A última vez em que o Papão entrou em campo neste horário traz boas recordações à sua torcida. Foi no dia 23 de agosto, no Engenhão, no Rio de Janeiro, quando a equipe bicolor aplicou 3 a 2 no Botafogo-RJ, em partida da 20ª rodada também da Série B. O Paysandu encerrou sua participação na competição na 7ª colocação, com 60 pontos.

CONTEÚDO RELACIONADO:

Meia Cazares é anunciado como reforço do PaysanduPaysandu lidera ranking de expulsões na Série B 2024

Os gols do Papão foram anotados por Yago Pikachu, Thiago Martins, ambos no 1º tempo, e Jhonnatan, na 2ª etapa da partida. Daniel Carvalho e Sassá descontaram para a equipe carioca. Surpreendentemente ineficiente, fisicamente, no jogo passado contra o Operário-PR, na Curuzu, o Papão vai ter se recuperar o fôlego, visto que o horário incomum do jogo com o Coxa pode, de repente, exigir um esforço maior da equipe, mesmo com a temperatura da capital paranaense sendo bem mais amena em comparação com a de Belém.

No jogo passado, o Operário pareceu estar jogando em casa, não dando o menor sinal de estranheza com relação ao calor. Ainda no final do 1º tempo da partida, por sua vez, o Paysandu já dava sinais de desgaste físico.

Quer mais notícias do Paysandu? Acesse nosso canal no WhatsApp!

O cansaço, de certa forma, acabou contribuindo para mais um empate do time alviceleste atuando dentro de sua casa. Nem mesmo as mudanças, num total de seis, efetuadas pelo técnico Hélio dos Anjos foram suficientes para injetar mais gás à equipe local. No final da partida, Dos Anjos admitiu que o forte calor influenciou na produção de sua equipe, em contraste com a do visitante.

“Acho que tinha umas 18 mil pessoas aqui, brincando, brincando. Estava preocupado até com o torcedor”, afirmou Dos Anjos, na coletiva. “Imagina esse pessoal agrupado, com esse calor. A gente sempre fala, nós estamos acostumados, nós treinamos assim, mas eu preferia um jogo desses às 17h, às 18h. Todo mundo sente. Não é só o time de fora”, declarou o treinador.

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Descrição da imagem