9.9 C
Londres
segunda-feira, abril 15, 2024
Descrição da imagem

Com emoção e pênaltis, Arsenal elimina o Porto na Champions

Date:

Descrição da imagem

O Arsenal venceu o Porto por 4 a 2 na disputa por pênaltis, nesta terça-feira (12), no Emirates Stadium, e se classificou para as quartas de final da Champions League.No tempo normal, os ingleses venceram por 1 a 0, com gol de Trossard, devolvendo o placar sofrido no confronto de ida, em Portugal. Na prorrogação, não houve gol.Nas penalidades, Wendell e Galeno, convocados por Dorival Jr para a seleção brasileira, desperdiçaram e viram o Arsenal comemorar a vitória.Os Gunners voltam às quartas de final da Liga dos Campeões depois de 14 anos. Na temporada 2009/2010, o Arsenal venceu justamente o Porto na última vez em que passou das oitavas.O rival do Arsenal nas quartas de final da Champions League ainda não foi definido. O sorteio dos confrontos está marcado para a próxima sexta-feira (15).Agora, o time de Mikel Arteta volta suas atenções para a Premier League, onde encara o Manchester City, fora de casa, após a Data Fifa. O clássico está marcado para o dia 31 de março. Já o Porto entra em campo no próximo sábado (16) e recebe o Vizela no Campeonato Português.O JOGOTalento do maestro! Com dificuldades para reverter a derrota de 1 a 0 no jogo de ida, os Gunners viram Odegaard chamar a responsabilidade. Aos 40 minutos da etapa inicial, o meia driblou dois defensores e deu passe no capricho para Trossard. O belga apareceu dentro da área e bateu colocado para abrir o placar.Pressão inglesa! Bem postado, o Porto dificultou as ações ofensivas do Arsenal. No segundo tempo, os portugueses começaram mais presentes no campo de ataque, mas logo voltaram a sofrer com a pressão dos donos da casa.Gol anulado e emoção até o fim! Com Odegaard em noite brilhante, o Arsenal marcou o segundo gol com o norueguês aos 21 minutos da etapa final, mas o árbitro apontou falta de Havertz em Pepe na origem da jogada. Aos 38, Gabriel Jesus quase deixou o dele em seu primeiro toque na bola. Apesar da forte pressão inglesa, o Porto se defendeu bem e levou a partida para a prorrogação.PRORROGAÇÃO E PÊNALTISDrama na marca da cal! Mesmo com o domínio das ações, o Arsenal não conseguiu furar a defesa portuguesa em 30 minutos de prorrogação. Com poucas chances claras de gol, a partida foi para as penalidades.Resultado final! Nas cobranças, Odegaard, Havertz, Saka e Declan Rice converteram para o Arsenal e garantiram a classificação após os pênaltis perdidos por Wendell e Galeno, que pararam nas defesas de Raya. 

 

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here