8.3 C
Londres
terça-feira, abril 23, 2024
Descrição da imagem

Águia busca quebrar tabu contra o Paysandu no Zinho Oliveira

Date:

Descrição da imagem

O Águia de Marabá, atual campeão paraense, inicia sua jornada decisiva em busca de uma vaga na final do Parazão 2024 com dois objetivos claros: realizar uma boa partida de ida em seu território, o Estádio Zinho Oliveira, e quebrar uma longa invencibilidade do Paysandu nos confrontos entre as duas equipes realizados em Marabá.Sem entrar em campo há dez dias, desde a vitória na partida de volta contra o Caeté, pelas quartas de final do Campeonato Paraense, o Azulão sabe que a missão não será fácil, considerando a histórica resistência do Paysandu como visitante, que não sofre uma derrota em solo marabaense desde 2012.CONTEÚDO RELACIONADOÁguia e Paysandu fazem jogo de ida da semifinal do ParazãoPaysandu chega a Marabá e está pronto para semi com o ÁguiaPaysandu X Águia: ingressos para jogo na Curuzu à vendaPara tentar superar esse desafio, o Águia de Marabá enfrenta um revés com o desfalque do volante Patrick, peça fundamental no esquema tático da equipe, devido a uma lesão no tornozelo que o mantém em tratamento médico. Para suprir essa ausência, o técnico Mathaus Sodré deverá escalar Felipe Gaúcho ao lado de Júnior Dindê na dupla de volantes, mantendo a base utilizada ao longo do campeonato.Quer saber mais notícias do Parazão 2024? Acesse nosso canal no WhatsApp.Apesar da ausência de Patrick, as esperanças de gols do Azulão estão concentradas em seus atacantes Iury Tanque e Braga, que têm se destacado ao longo da temporada. Tanque, com três gols em sete partidas, e Braga, com sete gols em 14 jogos, têm sido eficientes tanto no Parazão quanto na Copa do Brasil, representando a principal arma ofensiva da equipe.MUDANÇA DE POSTURAO zagueiro Caíque Baiano ressalta a importância do confronto e a preparação intensiva da equipe durante o período sem jogos. Ele destaca ainda a mudança de postura desde a chegada do técnico Mathaus Sodré, que trouxe ajustes fundamentais ao time após um início instável na competição.”A gente não começou bem a competição, mas com a chegada do Mathaus Sodré conseguiu dar uma ajustada no time. É um time que está preparado fisicamente e psicologicamente”, declarou o defensor, que não escondeu a ansiedade para o confronto desta quarta-feira (27). “Expectativa grande para este jogo. Tivemos dez dias de trabalho sem jogos e o grupo está treinando forte para as duas partidas”.Águia de Marabá e Paysandu entram em campo nesta quarta-feira (27), a partir das 20h, no estádio Zinho Oliveira, na cidade de Marabá, pela semifinal do Parazão. Será o primeiro dos dois jogos entre as equipes em busca da vaga na decisão do campeonato.VEJA MAIS:

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here