26 C
Belém
segunda-feira, julho 15, 2024
Descrição da imagem

Evento leva batalhas de dança para a Usina da Paz em Belém

Date:

Descrição da imagem

O TikTok é uma das redes sociais mais famosas do mundo atualmente. Com mais de 1 bilhão de usuários, figura no top 3 de plataformas digitais sociais mais acessadas pelos brasileiros.

Diante de tamanho sucesso da rede, milhões de jovens trabalham ou atuam produzindo conteúdos para o TikTok, em especial as famosas “dancinhas”. Por esta razão, foi criado o evento TikTok Fight, que será realizado às 16h deste domingo (23) na Usina da Paz da Terra Firme, em Belém.

CONTEÚDO RELACIONADO:

Usinas da Paz no Pará são consideradas exemplo nacionalPará é líder no TikTok na região Norte o 11º no país; veja!

Em sua segunda edição, o TikTok Fight nasceu a partir da iniciativa de Toninho Beat, criador do projeto Beat House 091, que apoia jovens influenciadores digitais a trabalharem e se especializarem com a produção de conteúdo nas redes sociais.

Segundo Toninho Beat, o TikTok Fight é “um combate entre os dançarinos de TikTok que nos dá oportunidades de avaliar o progresso e desenvolvimento de quem participa do projeto Beat House 091 e dá oportunidade pra iniciantes e experientes dançarinos de mostrarem seu talento para o público e aos internautas”. O projeto conta com o apoio do líder comunitário Toninho da TF.

Quer mais notícias de cultura? Acesse nosso canal no WhatsApp!

Ainda de acordo com o idealizador do TikTok Fight e do Beat House 091, essas iniciativas são buscadas por dezenas de jovens que sonham em trabalhar nas redes sociais. “Precisamos ganhar ainda mais visibilidade nas redes e chamar a atenção do poder público para o nosso trabalho, pois não temos estrutura suficiente para atender a demanda, já que a procura e o interesse em participar tem aumentado”, explicou Toninho Beat.

BEAT HOUSE 091

A ideia de criar a Beat House 091 surgiu há dois anos, quando Toninho Beat recomeçou sua jornada nas redes sociais após ter viralizado em 2020 e conquistado quase 200 mil seguidores em seu perfil. Após ter a conta hackeada, perdeu tudo e teve de reiniciar sua trilha na internet.

“Nesse período que eu conheci a dificuldade de quem tem que começar do zero nas redes sociais. Tive a oportunidade de conhecer vários jovens que também estavam começando no meu bairro, o Tapanã, e com ele vivemos várias experiências. Então entendi a necessidade de que eu precisava montar um projeto, conseguir um espaço, dar condições como gravar com um celularzinho melhor, para que eles tivessem mais qualidade em seus conteúdos. Daí surgiu a ideia de abrir a minha própria casa para dar oportunidade para quem estava começando do zero de aprender comigo e com outras pessoas do meio a como realmente fazer um trabalho bem organizado, bem elaborado e de qualidade nas redes sociais”, comentou.

Nestes dois anos, Toninho diz que a quantidade e o engajamento de mais jovens influenciadores fez com que o projeto crescesse ainda mais. “Dois anos realizando sonhos, dando oportunidade e ensinando muita gente. Jovens de todas as áreas, de todas as periferias de Belém e também de outros municípios que, devido à visibilidade que nós ganhamos com esse projeto, as pessoas veem nesse projeto como uma vitrine que dá oportunidade, que projeta talentos”, destacou.

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Descrição da imagem