14 C
Londres
segunda-feira, maio 20, 2024
Descrição da imagem

Não é preciso fazer estoque de arroz, dizem supermercados

Date:

Descrição da imagem

As cheias que afetaram todo o estado do Rio Grande do Sul tem preocupado alguns brasileiros em relação a uma possível falta de arroz nos supermercados. Isso porque o estado é um dos maiores produtores do cereal no Brasil. Entretanto, a Abras (Associação Brasileira de Supermercados) afirma que não há risco de falta de arroz nos supermercados. A entidade pede à população que não faça estoque do item para que não haja um desequilíbrio entre oferta e demanda.As plantações de arroz foram impactadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. No entanto, não há risco de desabastecimento de arroz neste momento, segundo a Abras, que afirma que não há risco de falta de nenhum produto alimentício ou produtos de limpeza do país.Veja também:Senac abre processo seletivo. Salários chegam a R$ 5,1 milVídeo: casal entra em carro errado e só vê após 30 minutos!Descubra quais são as cidades do Pará com risco de desastresA Abras afirma que está em contato com fornecedores e parceiros logísticos para garantir o abastecimento. “A entidade nacional está monitorando os produtos oriundos da região afetada, a exemplo do arroz, do leite, da carne suína e de frutas, e, juntamente com o governo, poderá adotar medidas adicionais, se necessário, para garantir que as famílias tenham acesso aos itens essenciais”, afirma a Abras.O pedido da Abras é que a população não faça estoque de arroz. A Apas (Associação Paulista de Supermercados) também diz que não há risco de desabastecimento.

Relatos em redes sociaisHá relatos de diversas situações nas redes sociais. Pessoas falam sobre filas nos mercados, com pessoas com muitos sacos de arroz nos carrinhos e de mercados limitando a quantidade de produtos que podem ser comprados, justificadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul.

Fui ao mercado e até desisti do que ia comprar por causa da multidão alucinada comprando arroz. Filas enormes.Que loucura, gente 🙄— Daíza 🇧🇷🇮🇹🚩🕉📿🐱 (@daizaneves) May 9, 2024

Galera imagem importante, supermercados bh e supermercado do bairro onde moro já está colocando limite de pacote de arroz por cliente devido a tragédia do Rio Grande do Sul. pic.twitter.com/pfS4PhN1gR— Raposão da Depre | Fan account (@RaposaodaDepre) May 7, 2024Produtores de arrozProdutores dizem que não há risco de falta de arroz. A Federação Nacional dos Produtores de Arroz publicou uma nota dizendo que não há problemas de abastecimento.”Não temos problemas com relação ao abastecimento do mercado interno”, diz presidente de entidade. Alexandre Velho, presidente da Federarroz (Federação Nacional dos Produtores de Arroz), afirmou que as enchentes trazem dificuldades na colheita, mas que não faltará arroz nas prateleiras.84% das lavouras foram colhidas no RS. Segundo o Instituto Rio Grandense do Arroz, dos 900 mil hectares semeados, 84,2% foram colhidos; 2,55% foram perdidos inteiramente e 1,97% foram parcialmente perdidos. Resta 11,26% da plantação total a ser colhida.Brasil vai importar arroz da TailândiaMinistro da Agricultura anunciou medida na quarta-feira (8). Carlos Fávaro afirmou que a intenção é regular a quantidade do produto disponível nos mercados e assim estabilizar o preço.Um milhão de toneladas serão importadas. De acordo com o ministro, perdas na lavoura, em armazéns alagados e, principalmente, a dificuldade logística para escoar o produto, com rodovias interditadas, poderia criar uma situação de desabastecimento, elevando os preços no comércio. (Giuliana Saringer, UOL São Paulo)

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here