14 C
Londres
segunda-feira, maio 20, 2024
Descrição da imagem

COP 30 traz oportunidade de capacitação e emprego para trabalhadores do Pará

Date:

Descrição da imagem

Olhos curiosos acompanham cada movimento e explicação dada pelo professor Paulo César Teixeira sobre tubos e conexões hidráulicas. Entre os alunos, silêncio e concentração totais – um grau de atenção que seria o sonho da maior parte dos professores do Estado, mas que para Paulo César virou rotina, porque ele ensina uma turma de jovens que está de olho no futuro: são alunos do programa Capacita COP 30, projeto do Governo do Estado para qualificar a mão de obra de diversos setores para a Conferência das Nações Unidas que será realizada na capital paraense em novembro de 2025.

“Estes alunos estão tendo a oportunidade de participar de um curso que é extremamente importante dentro da área de construção civil. É uma área que vai crescer muito daqui até a COP dentro desse processo de construção de empreendimentos hoteleiros, a gente vai precisar de profissionais capacitados, qualificados, que tenha conhecimento de todos os sistemas. E depois da COP é um campo de mercado que vai estar sempre ativo, até porque o curso não ensina apenas a instalação, mas a manutenção e operação desse sistema”, explica o professor.

A estudante Débora Albuquerque está de olho em uma das vagas de trabalho que se abrirão na cidade por conta da COP 30, e investe na qualificação como um diferencial. “No mercado está faltando qualificação, com certeza a COP 30 está vindo para aprimorar a mão de obra do Pará”, avalia.

A jovem Nalanda Silva ressalta outra vantagem do curso: a gratuidade. “Tem gente que não tem tanta renda. Esse curso chegou com uma oportunidade para várias pessoas que não têm diploma, e com o curso vão chamar mais atenção para o seu currículo”, pondera.

Capacitação qualificada

O programa Capacita COP 30 foi lançado pelo Governo do Pará em março de 2024 para preparar a mão de obra para a COP. Desde 8 de março o Capacita oferta 67 cursos das áreas de turismo, produção alimentícia, infraestrutura e segurança do trabalho. As aulas são ministradas pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), além de 21 entidades parceiras.

Cada curso dura de um a dois meses, e todos os alunos graduados pelo programa podem recebem um selo especial em seus certificados, atestando que eles foram qualificados para atuar como mão de obra voltada para a realização da conferência em Belém. Serão 6 mil alunos capacitados no primeiro semestre, e mais 6 mil na segunda metade de 2024. Novas turmas serão ofertadas em 2025, ano da COP.

“Este selo vai ser um diferencial dentro do mercado para aquelas empresas que estão buscando profissionais dentro das áreas de turismo, hospitalidade, lazer, infraestrutura e produção alimentícia”, disse Andrey Rabelo, coordenador logístico do Capacita COP 30.

“Até agora nós tivemos uma expressiva aceitação dos alunos, a quantidade de inscrições é muito grande e estamos muito satisfeitos, conseguindo novos parceiros e ampliando as ofertas”, afirma Beatriz Padovani, consultora da Sectet, que destaca como carros-chefes da capacitação os cursos voltados para atender e dialogar com as pessoas de fora do país que estarão no Pará durante a COP.

“O foco dos cursos, sem dúvida alguma, é em língua estrangeira com ênfase na língua inglesa, e também a parte de atendimento, especialmente ligada a turismo e hospitalidade. Esses são os pontos altos do nosso trabalho”, destaca Beatriz.

Consciência ambiental

Além do foco na receptividade, os cursos do programa Capacita COP 30 também reproduzem valores ambientalmente responsáveis, como revela a professora Kerssia Cruz, do curso de Ferramentas da Qualidade e Produtividade de Processos Logísticos.

“A gente está trazendo a conscientização dentro da área da indústria para eles pensarem melhor sobre o que utilizar, como produzir. Tem um tópico importante que é a produção mais limpa, essa parte da sustentabilidade é muito importante para todos eles”, disse.

Oportunidades duradouras – Para a estudante Ananda Sarah, que faz pela primeira vez um curso de capacitação, os ensinamentos da professora Kerssia durarão além da COP 30. “Esse curso veio com uma possibilidade de trabalho, mas também vai agregar muito para o nosso conhecimento”.

Seu colega de turma Gilson Medeiros partilha esta visão. “É a primeira vez que estou fazendo um curso e estou gostando bastante. Creio que saio daqui com emprego garantido, a chegada da COP abriu portas”.

“Seguramente a qualificação que está sendo implementada pelo Governo do Estado vai deixar frutos para muito além da COP. Nós imaginamos que o Estado do Pará e mais especificamente a região metropolitana vão dar um salto no setor de turismo que contará, a partir do que estamos trabalhando para a COP, com ampla mão de obra qualificada para um trabalho de excelência”, conclui Beatriz Padovani.

Serviço: Para mais informações e inscrições nos cursos de capacitação basta acessar a plataforma capacitacop30.pa.gov.br.

Com informações da Agência Pará

O post COP 30 traz oportunidade de capacitação e emprego para trabalhadores do Pará apareceu primeiro em RBA NA COP.

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here