13.8 C
Londres
quinta-feira, abril 18, 2024
Descrição da imagem

Menino encontra anel de 2 mil anos em túnel na Galileia

Date:

Descrição da imagem

Os principais achados bíblicos contêm muita destruição e decepção. Além de serem envoltos de mistérios que podem ser solucionados por escavações futuras — e talvez, em um caso específico como entender o que teria se passado durante a Rebelião de Bar Kokhba.Com a ajuda de estudantes, moradores locais e militares, a Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA) realizou escavações arqueológicas na antiga vila judaica de Huqoq, perto da Galileia. Foi assim que um menino, de 13 anos, encontrou um anel de cerca de 2 mil anos escondido em um dos esconderijos subterrâneos.Os arqueólogos também descobriram uma rede de túneis ocultos que remetem a Revolta de Bar Kokhba, um conflito que ocorreu entre 132 e 135 d.C., e ficou marcado pela rebelião dos judeus contra o Império Romano.Conteúdos relacionados:Anel de 500 anos com rosto de Jesus é achado na SuéciaTumba milenar cheia de ouro é encontrada no PanamáMoeda que retrata crucificação de Jesus é achada em IsraelO acessório foi confeccionado em cobre e no centro do item, é possível notar um buraco, que os pesquisadores acreditam ser ocupado por uma pedra preciosa. “Tal anel remonta ao período da Rebelião de Bar Kokhba. Junto de outras descobertas, o anel reforça as evidências de que houve atividade humana em uma caverna durante os preparativos para a rebelião ou durante a própria rebelião”, disseram Uri Berger e Yinon Shivtiel, encarregados pela administração da escavação.Classificado como o maior sistema de esconderijos da Galileia, os oito espaços serviram como abrigos subterrâneos por serem estreitos e baixos, permitindo um deslocamento seguro entre as moradias.Quer mais notícias do mundo? Acesse nosso canal no WhatsApp”O sistema de esconderijos oferece um vislumbre dos dias difíceis da comunidade judaica em Huqoq e na Galileia como um todo. Mas a história que emerge do local é otimista. É uma história de residentes que, mesmo depois de perderem sua liberdade e passarem por revoltas difíceis, eventualmente emergiram dos túneis onde se esconderam e estabeleceram uma próspera vila no topo da colina”, comentaram Berger e Shivtiel em nota.

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here