12 C
Londres
sexta-feira, abril 19, 2024
Descrição da imagem

Primeiro navio com ajuda humanitária chega à Faixa de Gaza

Date:

Descrição da imagem

O primeiro navio de ajuda humanitária chegou nesta sexta-feira (15) na costa da Faixa de Gaza e começou a descarregar 200 toneladas de alimentos, aguardados por centenas de milhares de civis ameaçados pela fome depois de mais de cinco meses de guerra entre Israel e Hamas.O navio é da ONG espanhola ‘Open Arms’, que atravessou por um corredor marítimo aberto pela União Europeia com apoio de outros países. A embarcação zarpou na terça-feira (11) do porto de Larnaca, no Chipre, rebocando uma embarcação de outra ONG, a World Central Kitchen (WCK), do chef espanhol José Andrés.CONTEÚDO RELACIONADOAtaque à fila de comida deixa mais de cem mortos em GazaRecém-nascidos começam a morrer de fome em gaza, diz OMSPelo menos 300 mil refeições foram preparadas pela WCK. A presidente da organização, Erin Gore, anunciou que a ONG está preparando um segundo navio com centenas de toneladas de mantimentos.A ONU estima que a fome ameace 2,2 milhões dos 2,4 milhões de habitantes da Faixa de Gaza. Cerca de 97% da água em Gaza é rotulada como “não apta para o consumo humano” e a produção agrícola está começando a entrar em colapso, indicou Maurizio Martina, diretor-geral adjunto da FAO, o órgão da ONU para agricultura. Segundo a Parc (Associação Palestina de Desenvolvimento Agrícola), as forças israelenses destruíram um quarto das propriedades agrícolas do norte da Faixa.Quer mais notícias de mundo? Acesse nosso canal no WhatsAppA OMS (Organização Mundial da Saúde) tem alertado sobre a morte de crianças com fome porque alimentos e remédios não estão chegando a Gaza em devido à guerra entre Israel e o Hamas. O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, visitou os hospitais Al-Awda e Kamal Adwan, no norte da Faixa de Gaza, e disse ter feito “descobertas sombrias” ao encontrar níveis graves de desnutrição, crianças morrendo de fome, escassez de combustível, alimentos e suprimentos médicos e unidades de saúde destruídas.A ajuda por via terrestre chega principalmente do Egito, pelo posto de fronteira de Rafah, no extremo sul de Gaza. Israel anunciou recentemente que quer fazer uma incursão na região -o que foi criticado pelos EUA. Pelo menos 1,5 milhão de pessoas estão na região após o deslocamento forçado do norte.

Descrição da imagem

Compartilhe

Descrição da imagem

Mais Acessadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here